Sobre a Revista

A Revista Cadernos da Educação (CAPD) é uma publicação quadrimestral (abril, agosto e dezembro) vinculada ao curso de licenciatura em pedagogia da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar). Toda parte executiva da revista está sob a responsabilidade da mesma universidade. Publicamos produção científica, sendo seu conteúdo composto por pesquisas, estudos teóricos e estudos analíticos, transformados em artigos, relatos de experiência ou resenhas.

CAMPO DE ANÁLISE
O campo principal de análise é a Educação, sendo que estão aptos a enviar textos para análise pesquisadores com titulação mínima equivalente a graduandos. Serão aceitas propostas originais e em língua portuguesa. Ao enviar o manuscrito, o autor deve inserir os coautores responsabilizando-se por informar as respectivas titulações, URLs do Lattes, ORCIDs, filiações institucionais e resumos das biografias. Caso o cadastro do autor e dos coautores, caso haja, não estejam completos o manuscrito não será aceito.

TEMAS E FOCO
O campo de análise prioritário e o foco é a Educação em seus temas:
• Filosofia e historiografia da Educação;
• Política e Gestão Educacional;
• Pesquisa e avaliação;
• Inovações tecnológicas voltadas para a Educação;
• Formação do educador, trabalho docente e práticas pedagógicas;
• Educação sexual, gênero e valores;
• Escola inclusiva e educação especial;
• Educação básica;
• Educação profissional e técnica;
• Educação de jovens e adultos;
• Educação superior; e
• Temáticas diversas relacionadas a Educação.

PROPOSTAS DE DOSSIÊS E NÚMEROS ESPECIAIS
A revista incentiva a organização de números especiais e dossiês sobre temas específicos em Educação. Neste caso, o organizador poderá enviar o volume proposto diretamente para o e-mail da revista.
Os dossiês ou números especiais são edições organizadas por convidados, pesquisadores e professores. Na organização, serão observados o caráter da interinstitucionalidade e abordagem das temáticas de relevância para a área especificada ao foco e escopo da revista.
O objetivo dessas propostas são ampliar o debate acadêmico, fomentar intercâmbios de pesquisa e/ou adensar as experiências formativas em investigação e/ou ensino com a comunidade científica nacional e internacional.
Os trabalhos publicados são de responsabilidade dos respectivos autores e as informações para autores ou normas para publicação estão disponíveis no site da revista.

QUALIS DA REVISTA
Avaliação Estrato Qualis-CAPES/Qualis-CAPES Evaluation
B4 em Educação.
B4 em Psicologia.
B3 em Ensino.
B3 em Interdisciplinar.

ÉTICA E PREVENÇÃO DE PLÁGIO
Como parte das ações de valorização da integridade acadêmica e prevenção do plágio, visando preservar a ética nos processos editoriais e publicações credenciadas, a revista Cadernos da Pedagogia, adota o serviço de identificação de similaridade de textos utilizando como base, a plataforma copyspider.

CÓDIGO DE ÉTICA
Os editores e membros dos conselhos editorial desta Revista endossam o código de boas práticas científicas publicado pela FAPESP, em 2014.

ETAPAS EDITORIAIS
Os manuscritos enviados a Revista Cadernos da Pedagogia são, primeiramente, avaliados quanto à formatação e ao cadastro completo dos autores em vários itens, conforme as normas e diretrizes estabelecidas. Caso não correspondam às diretrizes para autores, os manuscritos são devolvidos, indicando-se as solicitações requeridas. Nosso prazo médio para esta tarefa é de 3 a 6 semanas, dependendo do fluxo de artigos submetidos à Revista.
Depois de ingressar no processo de avaliação, os artigos são avaliados em duas rodadas de avaliação. A primeira por membros do Editorial Científico e a segunda por pareceristas convidados ad hoc.

1) Na primeira rodada de avaliação, são avaliados os seguintes itens: formatação; normas ABNT; figuras, imagens, quadros e respectivas fontes; apresentação do manuscrito no template da Revista; resumos em inglês e português; números de páginas; triagem preliminar quanto a cientificidade, clareza, inovação e ineditismo.
2) Na segunda rodada de avaliação, o artigo é distribuído a pareceristas respeitando a adequação entre o tema tratado e a área de conhecimento do especialista. Todos os textos são submetidos à avaliação em um processo cego, sob os seguintes critérios: adequação da estrutura interna do artigo; clareza e pertinência; metodologia consistente que suporte as análises propostas; resultados e discussão que tragam contribuição científica; citações e referências adequadas às normas técnicas adotadas pela revista; e pertinência à linha editorial da publicação.

Os pareceristas preenchem formulário padrão com opções já determinadas, no qual existe um campo aberto para a justificativa da decisão final aceitando, recusando ou recomendando correções e/ou adequações necessárias aos artigos. Esse processo de avaliação inicial dura, em média, 2 (dois) meses.
No caso de divergência entre o parecerista e os autores sobre a pertinência ou não da publicação, o artigo é enviado a um segundo parecerista e o resultado é submetido à Equipe Editorial para julgamento final.
No caso de solicitação de alterações, o artigo será reencaminhado para nova avaliação. Alterações ortográficas e gramaticais na língua do artigo, bem como resumos e títulos em língua inglesa serão de responsabilidade do(s) autor(es).

- Não são admitidos acréscimos ou modificações após aprovação da revisão final.
- Os artigos ficam então disponíveis para publicação em ordem de protocolo.
- A publicação do artigo, após aceite, pode demorar de 6 (seis) a 9 (nove) meses.

AVALIAÇÃO CEGA

1) Todas as submissões são realizadas online e devem obedecer aos critérios estabelecidos nas diretrizes para autores.
2) Após a postagem do texto o autor recebe uma comunicação acusando o recebimento.
3) A seguir, a editoria executiva da Revista verifica se o texto está em conformidade com as normas. É de responsabilidade dos autores apresentarem os textos sem qualquer identificação de autoria.
4) Os editores tomam conhecimento da submissão e indicam pareceristas ad hoc, pesquisadores de reconhecida competência que investigam os conteúdos das propostas de submissão, para revisá-la.
5) Todos os textos são avaliados, podendo ser designado um segundo revisor caso os editores considerem necessária uma outra avaliação.
6) A editoria executiva faz os contatos com os avaliadores e disponibiliza o texto no sistema da Revista, devendo ser acessado por login e senha, feitos pelo próprio avaliador, para ter acesso ao mesmo. Periodicamente a editoria executiva verifica os prazos e lembra aos avaliadores sobre a avaliação.
7) Quando os avaliadores enviam seus pareceres, quase sempre há a necessidade de os autores realizarem correções obrigatórias, quando o texto já não é rejeitado. Os editores tomam conhecimento das avaliações e tendem a aceitar a sugestão dos avaliadores, sobre a pertinência da publicação ou não. Todos os autores recebem o teor das avaliações, estando o texto aprovado ou não. Em nenhum momento antes da publicação os autores ou avaliadores ficam sabendo a identidade de cada qual.
8) Após a realização das modificações sugeridas pelos revisores, os autores encaminham o texto corrigido para a Revista.
9) Quando há alterações/modificações o texto é, novamente, enviado para os pareceristas para que verifiquem as alterações efetuadas.
10) Os editores verificam se o texto está em condições de ser publicado e, em caso afirmativo, o encaminham para a editoria executiva que providencia diagramação do texto, enviando-o para a edição.
11) A aprovação da submissão não garante sua imediata publicação, já que a Revista deve compor cada número considerando a diversificação de autoria.
12) A publicação é gratuita, não havendo cobranças para diagramação.

________________________________________________________________________
© Revista Cadernos da Pedagogia. Publicação quadrimestral. ISSN: 1982-4440.
Facebook: https://www.facebook.com/cadernosdapedagogia
Site: http://www.cadernosdapedagogia.ufscar.br/